« Riesener | Main | Do que é preciso para a felicidade »

Palavras de Luanda I

Encerro as pálpebras por poucos segundos.
Diante de mim, a imagem constrói-se e transpõe-se, da realidade para a escrita.
A escuridão é total, avassaladora. No cenário, apenas exemplarmente desenhados, encontram-se os contornos e o brilhante preenchimento da Lua no céu. Devidamente enquadrada, ali está aquele volume imenso de massa, na sua sábia e desconcertante rotação.

Susana Homem

Luanda, 22 de Março de 2010.

comentários (2)

T:

Um lindo poema que encontrei na WEB:

(Re)visito-te
tecla a tecla
sem desgosto de memória.

Faltando o corpo
sobram as palavras
fica o poema
resta a música
imagem, pintura
migalhas de pão
sentido oposto
até à história.
(Teresa Martinho Marques)

ana roque:

obrigada, T. É lindo, na verdade...

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 29 de março de 2010.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.



Secção

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top