« escravatura | Main | Andrei Remnev »

Frio

Inútil fazer de conta
as bruxas podem
estar soltas
nesta noite

seus risos de escárnio
seus dentes faltantes
seus olhares tortos
em dissimulações

presentes na oração
em que o coração confessa
o dia: a noite chega
no gargalhar que nos faz
medo e desgraça

inútil fechar as portas:

cobertas não protegem
do frio na solidão do corpo.

Pedro Du Bois

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 10 de setembro de 2018.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top