« Francisco de Holanda | Main | Lua cheia »

O medo

O medo entranhado
no que conheço
começo marcado
na pele: mancha
das lembranças

sei do que sou capaz
tenho o medo estranhado
escondido na pele: sinceridade
                           e abnegação

o começo marca o espaço
delimita o gesto e no ato
conheço o corpo e a mente
em sentimentos aflora
no que guardo e o medo
explode na paixão.

Pedro Du Bois

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 06 de junho de 2020.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top