« Gaudi | Main | Gaudi »

Canção

Como hei-de eu conter a minha alma,
que não toque na tua ? Como hei-de eu
erguê-la por sobre ti para outras coisas ?

Como eu desejaria dar-lhe abrigo
à sombra de qualquer coisa perdida perdida no escuro
num recanto estranho e repousado,
que não vibrasse com o teu vibrar.

Mas tudo o que nos toca, a ti e a mim,
toma-nos juntos numa só arcada
que arranca de duas cordas um som único.
Sobre que instrumento estamos retesados ?
Que músico nos tem na sua mão ?

Oh! doce canção !

Rainer Maria Rilke

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 02 de fevereiro de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top