« Cerejas | Main | Epitagmata »

Canção da oferta

Te ofereço um búzio
do Mar Morto
o molde de cristal
da placenta de Cleópatra.

Te ofereço a lágrima
de areia do espantalho
a alba seduzida
pelas retinas da águia.

Te ofereço a prata dos arroios
a conjuração da pedra
o mar acorrentado
à quilha da nau de Ulisses.

Te ofereço um ramo de fogo
do pomar da lascívia
um ramalhete de todas
as pulsações da vida.

Te ofereço a sobra de lã
da túnica de Laertes
tecida por Penélope.

Francisco Carvalho

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 02 de março de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top