« Moretto da Brescia | Main | Imagem num espelho »

Jogo possessivo

O meu é teu. O teu é meu
e o nosso é nosso quando posso
dizer que um dente nos cresceu
roendo o mal até ao osso.

O teu é nosso. O nosso é teu.
O nosso é meu. O meu é nosso,
e tudo o mais que aconteceu
é uma amêndoa sem caroço.

Dizem que sou. Dizem que faço,
que tenho braços e pescoço
- que é da cabeça que desfaço,
que é dos poemas que eu não ouço?

O meu é teu. O teu é meu
e o nosso, nosso qundo poss
olhar em frente para o céu
e sem o ver galgar o fosso.

Mas tu és tu e eu sou eu
não vejo o fundo ao nosso poço,
o meu é meu, dá-me o que é teu
depois veremos o que é nosso.

Ary dos Santos

comentários (2)

T:

o jogo de palavras é muito lindo.
è um jogo lúdico, inteligente.
poético também.
e verdadeiro nas questões dos valores.

Loureiro:

.... e foi cantado por Amália Rodrigues?! Ah... o Fado, o nosso "fado"!

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 24 de março de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top