« A great Hope fell | Main | César Marco Aurélio Antonino Augusto »

Ideal

A virtude de Marco Aurélio Antonino era de um tipo mais austero e elaborado. Tratava-se do bem merecido fruto de muitas prelecções eruditas, de muitas leituras pacientes e de muitas elucubrações nocturnas. Aos doze anos adoptou o rígido sistema dos estóicos, que lhe ensinou a submeter o corpo à mente, e as paixões à razão; a considerar a virtude como o único bem, o vício como o único mal, e todas as coisas exteriores como indiferentes. (...) Foi severo para si próprio, indulgente ante as imperfeições dos outros, justo e beneficiente para toda a humanidade.

Edward Gibbon, in Declínio e Queda do Império Romano, ed. D. M. Low, trad. Maria Emília Ferros Moura

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 27 de abril de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top