« Sir Francis Bernard Dicksee | Main | Ivan Rabuzin »

Bucólica

A vida é feita de nadas:
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;

De casas de moradia
Caídas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;

De poeira;
De sombra de uma figueira:
Meu pai a erguer uma videira
Como uma mãe que faz a trança à filha.

Miguel Torga

comentários (5)

Torga: belo como sempre.

João Carreira:

É sempre excelente passar por aqui...
É o carinho refrescante para todos, mesmo que eu nuca comente.
Este como é um dos poemas da minha vida, comenteu.

Muito Obrigado insuficiente, por isto e por tudo o que partilha com os outros.

Votos de uma Doce Páscoa,


João

MG:

Tão verdadeiro! Este poema representa mesmo um voltar ao passado. Traz memórias!

candida:

lindo. adoro este poema.

ana roque:

Caro João, obrigada pela gentileza. A partilha é a razão última do modus. Boa Páscoa!

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 31 de março de 2010.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.



Secção

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top