« Claudia Giraudo | Main | Elena Arcangeli »

Ida e Volta

Quando tiveste um gesto,
assim te lembro,
perfumavas os lugares. Para os céus nocturnos
me levavas, e o mar,
e era sempre Setembro, ou podia
sê-lo. Assim vai para além do limiar
o sentido da terra

toca os filhos, as casas baixas, sempre estivais,
simples sonhos. As vivas
épocas dos amores, nas planícies
que comovem. Assim ainda sofro
os mecanismos, as hordas em cima dos fios
cortados, que te não conhecem.

Gabriel del Sarto, trad. Andrea Ragusa

comments powered by Disqus

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 12 de dezembro de 2013.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by JournalistProgrammer | Editado com Movable Type | Top