« The Conference of the Birds | Main | culpas »

Os dons do mundo

O que as palavras trouxeram
foi uma imprecisão
ao pensamento
e só assim foi possível
entrever
o que não estava prometido
nos pequenos circuitos
da sobrevivência

digressões e pasmos
a naturalidade com que
no escuro
se pode dizer e jurar
nunca mais volto àquele sítio
ou
a tua tristeza tem-me ensinado
a decantar pacientemente
os dons do mundo

existo porque escrevo
na retina de um animal siderado
um verso de distâncias
e se hoje parto
rumo ao desconhecido
tal não significa
que seja ignorante
o impulso

apenas que nasceu um verbo
e com ele
um órgão perfeitamente capaz
de entoar um cântico
de sangue

Vasco Gato

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 16 de abril de 2017.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top