« Holsøe | Main | Holsøe »

os nossos impossíveis

estou tão contente e muito
apenas um quarto de mim curará
o ser mais preguiçoso da fadiga
o mar mais imenso do litoral

tão longe chega a tua proximidade
um afortunado quinto de ti
transforma as pessoas em cadas
e os cobardes em crescer

os nossos impossíveis foram feitos para acontecer
os nossos íssimos extinguiram-se em mais
um vigésimo de nós haverá de
escancarar uma porta escancarada

somos tão ambos e singulares
a noite não consegue ser tão céu
o céu não consegue ser tão solífero
sou através de ti tão eu

e.e. cummings, trad. Vasco Gato

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 06 de maio de 2017.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top