« Georges de Feure | Main | A Forma Justa »

Reza

Não dói as costas, dói a carga.
Não doem os teus olhos, dói a injustiça.
Não dói a tua cabeça, doem os teus pensamentos.
Não dói a garganta, dói o que não se expressa ou se expressa com raiva.
Não dói o estômago, dói o que a alma não digere.
Não dói o fígado, dói a raiva.
Não dói o teu coração, dói o amor.

Anónimo

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 29 de julho de 2019.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top