« John Lavery | Main | Dreams »

A não falar de cerejas, pontuações e coisas mais

O amor é a raiz é como a terra
não acredito no amor
que nos liga ao fundo e a tudo o que não temos
o amor é a pedra falsa e a verdadeira
é gostar do teu cabelo ao acordar
depois de noites sossegadas
e é eterno o amor um pássaro que não morre nunca
pedindo ao dia um outro tempo
não é pequeno o amor
que desfaz por dentro

um pouco como o vinho.

(e os morangos serão sempre um mistério absoluto, ou talvez não)

Rui A.

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 11 de outubro de 2020.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top