« Da liturgia | Main | Peter Mitchev »

Luzes

Acendo a luz: ordinário cenário
decomposto no que reconheço: a incerteza
de estar em casa oferecida ao instante
despertado - minhas vozes silenciosas
falam de outras cenas: retorno ao escuro
e penso na necessidade de me manter
em silêncio - as vozes alteram
a sequência e o inaudito acontecimento
vaga o espaço: entre ele e o meu corpo
repousam histórias na oralidade.

Dispenso a coberta
acomodo o corpo: durmo                               
no silenciar das vozes
e a escuridão me contempla.

Pedro Du Bois

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 21 de fevereiro de 2021.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top