« Cantiga de amigo | Main | elegia »

Da "natureza humana"

A "natureza humana" pode ser um bom argumento para tagarelices que quase sempre desembocam no pessimismo antropológico e nas ideias que praticam a amálgama como método, mas tal coisa -- a natureza humana -- não existe. Se algo nos distingue dos outros animais é o facto de sermos privados de uma natureza e não termos vocação para nada, como um felino tem para caçar. Nenhuma identidade, nenhuma essência nos define. O humano é inteiramente produzido, não tem nada de uma espécie natural. Nem sequer a sexualidade do homem é uma coisa natural. Sabemos desde Aristóteles que o que é próprio do homem não é uma natureza, mas o ser em potência. Por isso é que ele é um "animal político". A "natureza humana"? Uma mitologia produzida por uma certa cultura.

António Guerreiro

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 02 de julho de 2021.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/12 Ana Roque | Powered by Querido.org | Editado com Movable Type | Top