« Voz do Vento | Main | O Outro Nome »

Canção

no interior da terra
o fulgor da cal
a sílaba do vento

no interior da terra
o som o lamento
o sangue a treva

nem aves nem gritos
nem asas nem luz
nem palavras nem mitos

no interior da terra
a humidade perdura
na visão escura
do silêncio completo.

A. J. Vieira de Freitas

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 08 de fevereiro de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top