« Ukiyo-e | Main | O equívoco »

Memória na pele

Há uma memória indissolúvel
que guarda desejos
abraços
prazeres

que acorda no meio da noite
e espera o dia vir
com seu cheiro de mato e passarinho
há nesta memória
o registro dos momentos passageiros
do brilho dos olhos teus
dos prazeres repartidos
da resina do sexo entre nossas coxas
erupindo como se fôssemos mar revolto
em minha memória
és como uma tatuagem gravada no pescoço

Carlos Gildemar Pontes

A sua opinião?

Acerca

Esta é uma página de arquivo individual, publicada em 12 de abril de 2008.

Post anterior

Post seguinte

Leia também a primeira página, faça uma pesquisa ou navegue através desta página de todos os títulos em arquivo.

pub




Arquivo

&

Primeiro endereço

© 2004/07 Ana Roque | Powered by TubarãoEsquilo | Editado com Movable Type | Top